quarta-feira, 23 de junho de 2010

Girassol: a Flor do Sol


É possível obter cura de varias doenças através do bochecho com Óleo de Girassol







O significado do girassol difere de cultura para cultura. Para alguns, o girassol significa fama, sucesso e felicidade. Outros dão à ele atributos do próprio sol como nutrição, poder e calor. Também é dado à ele o atributo de altivez. Dar um girassol à alguém que acabou de abrir seu próprio negócio pode significar ouro, fortuna.

O girassol tem propriedades naturais para a saúde e beleza, já que suas sementes e flores são utilizadas na produção de bronzeadores, perfumes, remédios, cremes, velas, óleos e temperos. Os florais feitos à partir do girassol são utilizados para melhorar a auto-estima, auto-confiança, dando mais vontade e coragem.

O Óleo de Girassol Extra-Virgem, extraído a frio de primeira e única pressão é elaborado artesanalmente a partir de sementes de girassol selecionadas, tem sabor levemente adocicado semelhante a nozes, aroma agradável e coloração amarelo dourada.

Trata-se de um óleo muito rico em Alfatocoferol (vitamina E natural), agindo positivamente sobre as funções reprodutoras com destacada ação antioxidante, e ácidos graxos essenciais bioativos, sendo o principal deles o ácido linoléico (66,8%) de Ômega 6) e o ácido oléico (20,9% de Ômega 9). Assim sendo, atua favoravelmente sobre a pele, aumentando sua elasticidade, sobre o sistema nervoso e endócrino, tendo seu efeito notado em todas as enfermidades degenerativas e cardiovasculares. Sua atividade é sobretudo observada em casos de hipercolesterolemia(colesterol alto), arteriosclerose(espessamento e endurecimento da parede arterial) e problemas relacionados ao sistema nervoso central.

Ao contrário dos óleos comestíveis refinados, de baixa qualidade que são aquecidos, filtrados e clareados por processos químicos, o Óleo de Girassol Extra-Virgem conserva todos os elementos nutritivos e as informações energéticas da planta.


A cura através do Óleo de Girassol:

Achamos interessante transmitir a vocês esta pesquisa sobre o óleo de girassol, pois trata-se de uma alternativa simples e natural de mantermos nossa saúde e bem-estar!
Ela foi elaborada por um médico bacteriologista russo, Dr. Karach, e divulgada em 1991. Segundo ele, o procedimento é muito simples; Basta bochecharmos este óleo, sem engoli-lo.

Desta forma estaremos promovendo dentro de nosso organismo, um verdadeiro processo de cura, onde é possível, de acordo com Karach, curar simultaneamente células, tecidos e órgãos de nosso corpo evitando a destruição da microflora.

Esta terapia atua, ao mesmo tempo, em todo o organismo de maneira preventiva, aumentando o nosso equilíbrio e curando-o também.

Esta prática é indicada para tratar problemas como dores de cabeça, bronquite, dor de dente, tromboses, artroses, eczemas, úlcera de estômago, problemas intestinais, cardíacos, renais, encefalite e diversas doenças da mulher. É possível também tonificar o sistema circulatório, nervoso, digestivo e respiratório, prevenindo doenças crônicas.

Como fazer:

• É necessário que o óleo vegetal utilizado, seja obtido com compressão a frio.
• A medida correta é no máximo uma colher de sopa e no mínimo uma colher de chá.
• Deve-se bochechar muito bem, fazendo com que o óleo se movimente por toda a boca, durante quinze a vinte minutos. Depois devemos cuspi-lo!!!

• No início, ao colocarmos o óleo na boca ele é grosso, mas conforme vamos bochechando-o, ele vai se tornando cada vez mais fluído. É nesse momento então, que devemos cuspi-lo.
• O líquido cuspido deve estar branco como o leite. Se ainda estiver amarelo, é sinal de que não bochechamos o tempo suficiente.

• Depois de cuspir o óleo, precisamos bochechar diversas vezes com água e limpar bem os dentes com a escova.
• Como o líquido cuspido é venenoso, (no líquido cuspido encontra-se grande quantidade de germes patogênicos e outras substâncias nocivas) precisamos limpar muito bem a pia!
• Quando estamos bochechando com o óleo na boca, nosso metabolismo se intensifica no organismo e nosso estado de saúde fica mais estável. Em relação aos dentes, ficam mais brancos e firmes e desaparecem sangramentos de gengiva.


É melhor bochechar com óleo de girassol de manhã cedo, antes do desjejum. Para acelerar o processo de cura este método pode ser repetido três vezes ao dia, antes das refeições, com o estômago vazio.

É preciso continuar este tratamento até o organismo recuperar a sua força, sua vitalidade e um sono tranqüilo. Na hora de acordar não deve haver cansaço ou bolsas debaixo dos olhos. É preciso recuperar apetite sadio, sono profundo e boa memória.

Às vezes, é possível que ocorra aparente piora naquele doente que sofre de várias moléstias. Esta sensação de agravamento ocorre principalmente quando um foco de infecção começa a se desfazer, ou a influir no foco que no futuro provocaria doença grave.

Por isso, não há motivo para interromper o processo de cura, mesmo aparecendo febre. A piora é sinal de que o organismo está reagindo e se recuperando. A cura ocorre durante o bochecho com óleo, sendo que cada um deve sentir quantas vezes precisa repeti-lo. Problemas agudos costumam sarar em 2 a 4 dias, problemas crônicos precisam às vezes de um ano inteiro.

Além disso, o girassol, devido ao seu formato e à sua característica de ter a "face" sempre voltada para o sol, simboliza a luz, o otimismo, a cordialidade e o crescimento, sendo considerada uma planta elevadora. É denominado um alimento superior funcional bioativo.

2 comentários: