Canola ajudando a cuidar do Cérebro e do Coração

As gorduras boas, monoinsaturadas e poliinsaturadas, são reconhecidamente aliadas do peito


Muitas pessoas têm dúvidas se deve ou não cortar a gordura da sua alimentação para ser saudável, ou quando tem necessidade de baixar o colesterol e triglicerídeos. O caminho da saúde, não exige o corte de toda a gordura da alimentação, mas que a maior parte seja fornecida por fontes vegetais e, de preferência, com predominância de óleos extravirgens. A gordura é uma fonte perfeita de energia, ela cumpre funções importantes para o organismo, como participar da composição das células, manter a temperatura do corpo, proteger os órgãos vitais, transportar vitaminas e fazer parte da composição de enzimas, hormônios e substâncias que auxiliam o sistema imunológico.


O corte radical de gordura pode levar a pessoa a ter carência de vitaminas e alterações hormonais. A gordura tem a função de transportar as vitaminas A, D, E e K. Portanto, se houver pouca gordura, o transporte ocorre de maneira inadequada e o organismo fica com déficit dessas vitaminas Alguns sinais desse problema são cabelos e unhas quebradiças, pele descamada e comprometimentos na visão.


Em relação aos hormônios, a falta de gordura prejudica a formação de testosterona, estrógeno e progesterona, principalmente. Algumas mulheres param de menstruar pela falta de estrógeno (amenorréia). Outras não engravidam, um mecanismo de defesa do organismo, pois a criança não sobreviveria. No homem, baixa testosterona diminui a libido e a capacidade de ganho de massa मुस्कुलर


Segundo Dr. Michael Schmidt autor do livro Gorduras Inteligentes (Editora Roca), óleos e gorduras não fazem mal como muitos pensam. O que faz mal, na verdade, são os tipos de óleos e gorduras utilizados na nutrição do corpo humano. Óleos refinados e clareados perderam todos os seus atributos nutricionais, além do que, a industrialização dos óleos é feita em alta temperatura, provocando aí uma mudança em sua configuração molecular, assim como as gorduras hidrogenadas, consideradas como ट्रांस.


O mal que estas gorduras podem fazer vão desde o aumento do colesterol ruim até problemas neuro-vegetativos. Isto porque o Sistema Nervoso Central (SNC), incluindo o cérebro, necessita diariamente de um aporte de gorduras para seu funcionamento correto. Na falta de gorduras boas, o SNC acaba por se "alimentar" da gordura disponível na dieta da pessoa - gordura trans. Ao consumir gorduras modificadas a pessoa pode provocar um défcit nutricional no cérebro podendo, com o tempo, desenvolver depressões, agressividade, falta de concentração e memória, desencadear tensões pré-mesntruais cada vez mais fortes entre outros males inimagináveis As gorduras de que o SNC necessita compreende aquelas da família dos ômegas (3, 6 e 9), presente nos óleos vegetal extra-virgem.


Lembrando que não se deve consumir qualquer óleo: eles devem ser prensados a frio, ou seja, não submetidos ao processo industrial comum, para preservar todas as suas propriedades nutricionais Tais gorduras de sementes e óleos promovem um bom funcionamento cerebral e melhora a resposta ao tratamento psiquiátrico com antidepressivos entre outras drogas utilizadas na depressão, no transtorno bipolar, no mal de Alzheimer, mal de Parkinson, hiperatividade, transtorno obsessivo-compulsivo e doenças neurais degenerativas.


O Óleo de canola é um dos mais saudáveis, pois possui elevada quantidade de gordura poliinsaturada, Ômega-3, (reduz triglicerídios e controla arteriosclerose), vitamina E (antioxidante que reduz radicais livres), tem alta concentração de gorduras monoinsaturadas, Ômega 9, (reduzem LDL) e o menor teor de gordura saturada (controle do colesterol) de todos os óleos vegetais Médicos e nutricionistas indicam o óleo de canola como o de melhor composição de ácidos graxos para as pessoas interessadas em dietas saudáveis. (Embrapa)


Alguns cuidados com seu óleo extravirgem: Não usar para frituras, altas temperaturas destrói as delicadas moléculas dos ácidos graxos. Após aberto, conservar na geladeira, com a tampa bem fechada, e lembre-se, o óleo mais saboroso é o mais novo! Portanto é importante criar o hábito de consumi-lo diariamente, até mesmo para poder sentir os efeitos na sua saúde. Uma vida mais saborosa, nutritiva, saudável e longa para todos!


GORDURA PODE LHE FAZER BEM!

Comentários

  1. Olá Vera! Muito interessante a máteria. Parabéns. Você teria algum material que fale sobre o Óleo de cártamo? Já sou sua seguidora. Abraço

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline! Qual o email para enviar mais informação sobre o òleo de Cártamo?
    Obrigada por nos seguir. Abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como preparar sementes de chia

CHIA – O Super Alimento

REFLUXO GÁSTRICO, AZIA E SEMENTES DE CHIA