Eritritol e Xilitol são adoçantes naturais - Giroil


Eritritol e Xilitol são adoçantes naturais, não calóricos ou minimamente calóricos.


XYLITOL
O Xilitol, além de ter uma aparência e sabor muito parecido com o açúcar refinado tradicional, possui 40% menos calorias e um índice glicêmico baixo.

A sua principal vantagem para os diabéticos é que ele não afeta o hormônio insulina.
E por ter uma quantidade reduzida de calorias, também pode ser útil para quem está fazendo dietas para emagrecer.
O Xilitol ainda traz outros benefícios adicionais para a nossa saúde, tais como:
  • Previne a placa bacteriana e as cáries;
  • Alcaliniza a saliva, reduzindo a corrosão do esmalte dos dentes e evitando também a gengivite;
  • Aumenta a absorção de cálcio, auxiliando na saúde dos dentes e dos ossos;
  • Auxilia a evitar infecções no sinus e nos ouvidos, já que as bactérias que causam essas infecções são as mesmas que causam a gengivite e as cáries.
De preferência em porções, com no máximo 20 gramas cada, doses maiores que estas podem causar efeito laxativo.
O Xilitol também pode ser utilizado como conservante alimentício, já que oferece resistência ao crescimento de micro-organismos.
Até por isso ele tem sido muito utilizado em bebidas, balas e gomas de mascar com sabor de menta.
Pois proporciona um efeito refrescante na boca quando entra em contato com a saliva.
O Xilitol está ganhando tanto destaque, que atualmente há muitos estudos em andamento que buscam estabelecer outras aplicações clínicas, como:
  • Tratamento do diabetes;
  • Desordem no metabolismo de lipídeos;
  • Lesões renais e parenterais;
  • Prevenção de otite;
  • Infecções pulmonares;
  • Osteoporose.
ERYTHRITOL

O Eritritol também tem um sabor bem próximo do açúcar de mesa (refinado), com índice glicêmico zero e apenas 6% das calorias com 70% da doçura do açúcar.

Veja uma comparação calórica do Eritritol:
  • Açúcar de mesa: 4 calorias por grama.
  • Xilitol: 2,4 calorias por grama.
  • Eritritol: 0,24 calorias por grama.
Com apenas 6% das calorias do açúcar, o Eritritol ainda tem 70% de doçura.
Nas pessoas que não têm as enzimas para quebrar o Eritritol, ele é absorvido na corrente sanguínea e é então excretado de forma inalterada na urina.
Também não há efeito sobre o colesterol, triglicérides ou outros bioindicadores.
Para quem possui problemas relacionados com a síndrome metabólica, está precisando emagrecer ou tem diabetes, o Eritritol não faz mal e parece ser uma excelente alternativa, ao invés do açúcar.
Um efeito colateral amplamente comum no consumo de açúcar é a saúde dental (engordar também é outro problema causado pelo açúcar).
As bactérias nocivas na boca podem usar o açúcar como energia.
Quando estas bactérias têm muita energia, elas crescem, se multiplicam e secretam ácidos que corroem o esmalte dos dentes.
A maior parte do Eritritol é absorvido pelo caminho da digestão no nosso corpo, antes que chegue ao cólon, onde a maioria das bactérias residem.
A partir do intestino delgado, ele se movimenta na corrente sanguínea.
Não circula por um tempo, até que, eventualmente, é excretado inalterado na urina.
Mesmo que uma certa quantidade de Eritritol alcance as bactérias intestinais, elas não podem digeri-lo.

XYLITOL E ERYTHRITOL

Ambos são ótimas opções para utilizar no lugar do açúcar, tanto para quem é diabético, como para os que estão acima do peso e precisam emagrecer.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como preparar sementes de chia

CHIA – O Super Alimento

REFLUXO GÁSTRICO, AZIA E SEMENTES DE CHIA