quarta-feira, 8 de abril de 2015

Matchá Giroil - Acelerar metabolismo - Emagrecer - Melhor Chá

Matchá, detox supremo





Se tem uma palavrinha que entrou de vez no vocabulário de quem está sempre atento às novidades da saúde – e hoje em dia, alguém não? – é detox. A destoxificação contribui para o bom funcionamento do intestino, diminui a retenção de líquidos e acelera o metabolismo, aumentando o gasto calórico. O principal objetivo pode não ser a perda de peso e, sim, o equilíbrio do organismo, mas, precisamos admitir, que é uma justa consequência, né mesmo?! Portanto, suquinhos verdes, tradução imediata da dieta detox, viraram bons companheiros e agora ganham um excelente parceiro de nome potente e dono de uma praticidade incomparável, o Matchá.


Diferenças entre matchá e chá verde

O matchá é extraído da mesma erva que o chá verde, a Camellia sinensis, porém é elaborado a partir de folhas jovens e tem seu cultivo protegido dos raios solares. Isso faz com que o matchá seja mais eficiente na perda de peso por causa das altas concentrações de cafeína, teanina e catequinas. Além disso, ele é rico em clorofila que, dentre outros benefícios, atua na redução da retenção hídrica e prevenção de doenças, e em antioxidantes, que impedem a ação dos radicais livres. Quer mais um motivo para incluir o item no cardápio? O consumo de matchá aumenta em até 25% o gasto calórico durante a prática de exercícios físicos.

Como consumir

O ideal é tomá-lo antes da prática de exercício físico, devido à sua ação termogênica que potencializa a queima de gordura corporal durante o treino. Mas atenção: pessoas que sofrem de insônia, hipertensos, gestantes, crianças e idosos só podem consumir o matchá com orientação profissional.

Modo de preparo e consumo

 O matchá pode ser adicionado em iogurtes e sucos e, claro, diluído em água quente (1/2 colher de chá para 60 ml de água) para substituir o café.


Nenhum comentário:

Postar um comentário