Amaranto, alimento altamente nutritivo e sem glúten











Grão de origem andina, agora plantado de forma inédita em solo Missioneiro

Consumida pelos incas, há mais de 8 mil anos, era o alimento principal do povo das montanhas. O amaranto (Amaranthus caudatus) é um grão originário do Peru e Bolívia e com alto poder nutritivo. Este grão possui proteína de alta qualidade, baixo teor de colesterol, além das grandes quantidades de vitaminas e minerais presentes. O sabor é leve, semelhante à soja e a cada dia conquista espaço na mesa dos brasileiros. Podemos destacar também a quantidade de fibras presente. As fibras colaboram com o bom trabalho intestinal, ajudam no controle dos níveis de colesterol e glicemia no sangue, entre outras funções importantes para o organismo.

As propriedades nutricionais do amaranto são reconhecidas desde há muito tempo em vários países, exceto no Brasil, por não serem estas sementes oriundas destas regiões ou cultivadas no nosso meio.









O Centro de Pesquisa da EMBRAPA - Cerrados, mediante programa de vários anos de trabalho, adaptou espécies de amaranto aos solos brasileiros. A grande riqueza do amaranto está no seu grão que contém em média de 15 a 18% de proteínas. Entretanto não é tanto o teor de proteína que é essencial, mas a qualidade dessa proteína que contém todos os aminoácidos essenciais à vida humana. A FAO (órgão da ONU responsável por políticas de alimentação e agricultura) considera que o amaranto a melhor proteína de origem vegetal do planeta. Os grãos podem ser consumidos in natura, na forma de sopas, biscoitos, mingaus, ou industrializado sob várias formas, como macarrão ou pão.

O amaranto apresenta alto valor nutricional equivalente ao leite, á carne e ovos. Seus grãos chamam atenção pelo conteúdo significativo de proteínas (15 %), gorduras, sais minerais como cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio, vitamina C e provitamina A, fibras como lignina e celulose, especialmente quando comparados aos cereais comuns como trigo, milho, arroz integral e aveia. Também contem aminoácidos essenciais como a lisina, metionina e cistina, mantendo uma altíssima porcentagem desses elementos. A lisina, por exemplo, é o fator primordial para o desenvolvimento orgânico mental do homem.

Apesar de altamente protéicos, os grãos não possuem o glúten, proteína encontrada no trigo que impede muita gente alérgica de comer pão, macarrão ou biscoito. Além disso, é facilmente digerível, o que ajuda até na recuperação de crianças convalescentes e no preparo de uma refeição balanceada e leve para idosos.

Sua proteína de alto valor biológico e a ausência de colesterol a converteu em excelente substituto para a carne, a ponto de a Nasa incluí-la na dieta básica dos astronautas.

O glúten é uma proteína insolúvel, encontrada no trigo, centeio, cevada e aveia. Se um portador da doença celíaca, que é uma inflamação do intestino delgado, de fundo genético, ingere glúten, os sintomas da doença podem surgir, que incluem fraqueza, diarréia, perda de peso, fadiga e anemia. Pode ocorrer osteoporose, tetania e desordens neurológicas. Bolhas, vermelhidão ou estrias avermelhadas podem ser observadas no corpo.

Pesquisas recentes também têm mostrado que o amaranto é capaz de reduzir os níveis de colesterol. O experimento foi conduzido no Laboratório de Bioquímica e Propriedades Funcionais dos Alimentos da Universidade de São Paulo (USP).









Caviar de Amaranto Ingredientes 1 batata yacon (cortado em rodelas) 1 tomate (cortado em rodelas) 20 g de patê de sua preferência ¼ xícara de amaranto (deixar de molho por 4 hs)

Modo de preparo do Amaranto Colocar o amaranto de molho por 4 horas, depois escorrer e deixar por mais 4 horas germinando. Temperar com salsa, azeite e sal à gosto. Patê de Girassol e Nori 1 xícara de girassol (germinado de 8 a 12 hs) 1 xícara de amêndoas (germinado de 8 a 12 hs) 1 colher de chá de limão (colocando aos poucos e experimentando) 3 folhas de nori 2 dentes de alho (colocando aos poucos e experimentando) ¼ xícara de shoyu (colocando aos poucos e experimentando) ¼ xícara de água mineral 2 colheres de sopa de azeite

Modo de preparo Colocar o girassol e a amêndoa no vitamix, adicionar a água e azeite. Bater bem até ficar homogêneo. Adicionar o nori e aos poucos o alho, limão e o shoyu.

Montagem Começar com um pouquinho do patê no centro do prato e cobrir com um tomate. Depois colocar a batata yacon e repetir as camadas por mais duas vezes. Finalizar com duas colheres de sopa do caviar de amaranto.

Decoração do prato Fazer um molho pesto com um pouquinho de nozes picadas, alho, manjericão e decorar em volta do prato.

Receita do Vida e Saúde :Salada com Amaranto



Pode ser usada como almoço, para acompanhar uma carne e também no sanduíche.





Ingredientes:

- 1 cenoura ralada - 1 tomate picado - ½ cebola ralada - ½ xícara de salsinha - 1 colher de chá de cúrcuma - 1 colher de sopa de suco de limão - 3 colheres de sopa de azeite de oliva - 30 gramas de amaranto - Sal e pimenta a gosto.

Modo de fazer:

Misture o tomate e a cebola. Depois misturar a cenoura. Coloque o tempero verde e deixe descansar alguns minutos. Molho para temperar a salada: Misture uma colher de suco de limão, coloque três colheres de azeite no molho, depois coloque uma colher de chá de cúrcuma. Acrescente sal e, por último, pimenta a gosto. Misture tudo até absorver bem a cúrcuma. Por último polvilhe sobre a salada o amaranto.

Pode ser adicionada a mistura 1 xic de amaranto em grão levemente cozido.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como preparar sementes de chia

CHIA – O Super Alimento

REFLUXO GÁSTRICO, AZIA E SEMENTES DE CHIA