Xylitol, muito mais que um adoçante!



Xylitol

Um substituto do açúcar comum com 40% menos calorias que pode ser consumido por diabéticos e proporciona ao paladar uma sensação de frescor.


O Xilitol tem um índice glicêmico muito baixo, ao contrário do açúcar tradicional e do xarope de milho, os quais contem grande quantidade de frutose, que leva à resistência à insulina e colabora para os problemas metabólicos, quando consumidos em excesso.
Enquanto isso, o Xilitol contém frutose zero.
Para explicar melhor, vale dizer que o índice glicêmico refere-se a uma medida de quão rapidamente os alimentos elevam o açúcar no sangue. No caso do Xilitol é de apenas 7, em comparação com o açúcar comum, que tem índice glicêmico de 60-70.
Outras particularidades


- Baseado em evidências clínicas, é recomendável o uso do xilitol em pacientes de todas as idades.

- O emprego do xilitol como substituto de açúcar em confeitos faz com que o sabor seja idêntico ao produto similar com açúcar, com a vantagem de conter 40% menos calorias.

- Ao se dissolver, o xilitol possui um "calor de dissolução" negativo o que significa que absorve calor, resultando em um efeito gelado, refrescante que é especialmente realçado em sabores de menta.

- É absolutamente adequado para consumo por pessoas diabéticas já que seu metabolismo é independente da insulina.

- Todos podem aproveitar das propriedades do xilitol já mencionadas acima. Porém, os indivíduos mais susceptíveis à formação de cáries serão particularmente beneficiados.

- A atenção foi especialmente voltada às crianças que consomem açúcar com mais freqüência.

- Novos grupos incluem pessoas com baixa produção de saliva e aquelas que desejam parar de fumar e que se vêm tentadas a consumir doces/balas como terapia de substituição do cigarro e também por quem está preocupado com o controle de peso, visto que é um excelente substituto do açúcar.

- Assim como todos os outros adoçantes, o xilitol pode provocar um efeito laxativo leve quando consumido acima de 25g / dia.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como preparar sementes de chia

CHIA – O Super Alimento

REFLUXO GÁSTRICO, AZIA E SEMENTES DE CHIA