quarta-feira, 22 de junho de 2016

Whey Protein Concentrado, Isolado ou hidrolisado: Os custos compensam os benefícios?


Durante a produção, as proteínas do soro do leite são concentradas por meio de processos industriais e, então, secas. Assim, um pó rico em WP é obtido, a "concentrada”, que contém cerca de 80% de proteínas (o restante é composto por lactose e outras substâncias). Já na produção da “isolada”, outras etapas de purificação são acrescidas. O produto final é mais puro, considerado livre de lactose, e com conteúdo proteico normalmente acima de 90%. Já a “hidrolisada” pode ser produzida tanto a partir da whey concentrada como da isolada. A hidrólise pode ser obtida por diferentes processos e argumenta-se que essa “pré-digestão” acelera a absorção das proteínas, aumentando seu efeito anabólico. 


Embora seja tentador acreditar que o aumento no grau de pureza (de 80% para 90%, na concentrada vs. isolada) resulte em melhores resultados (ganho de força e massa muscular), é muito improvável que a whey isolada tenha qualquer real benefício sobre a concentrada. Isso porque existe um limite máximo do estímulo à síntese proteica promovido pela proteína. Sabe-se que, em adultos saudáveis, esse limite gira em torno de ~20 g de proteína. 


Doses maiores não resultam em mais síntese proteica! 

Portanto, para aproveitar ao máximo uma WP com grau um pouco menor de pureza, bastaria aumentar a dose.


No caso da whey concentrada vs. isolada, as quantidades necessárias para 20g de proteína seriam 22g de isolada vs. 25g de concentrada.


 E no caso da hidrolisada, existe vantagem?


 É muito difícil melhorar o que já funciona de maneira ótima, já que uma dose de 20g já é capaz de elevar ao máximo a síntese proteica, mesmo sem nenhuma hidrólise. Nesse cenário, como poderia a hidrólise aumentar um efeito que já atingiu o máximo? Se você não é intolerante à lactose, é muito provável que a pureza ligeiramente maior da forma isolada não compense seus custos. É igualmente improvável que a forma hidrolisada tenha qualquer benefício em termos de ganho de força e massa muscular em relação às outras formas. Portanto, a forma concentrada é a opção de melhor custo-benefício para a maioria das pessoas. Claro, desde que exista a necessidade de suplementos proteicos. 


Fonte: 

Prof. Dr. Guilherme Artioli

Nenhum comentário:

Postar um comentário