quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Yacon - Diábeticos



O principal nutriente encontrado na batata yacon é a inulina, um tipo de carboidrato, que funciona como um prebiótico intestinal. Prebiótico é o substrato usado como "alimento" pelas nossas bactérias intestinais (probióticos) que favorecem assim, o equilíbrio adequado da microbiota, funcionamento intestinal e absorção de vitaminas e minerais.

A inulina tem fibras, menor valor calórico e não é facilmente digerida pelo organismo humano, fazendo com que o intestino funcione mais, interferindo menos no aumento da glicemia sanguínea, por ter menor absorção do carboidrato presente.
É ela quem oferece o sabor mais adocicado (parecido com pêra ou melão).

Por também ser considerada fibra solúvel, a inulina reduz a liberação de glicose após as refeições, e pode ainda, diminuir a concentração de ácidos graxos e colesterol no sangue. Diferentemente dos demais tubérculos, o seu carboidrato eleva menos a glicemia sanguínea e o seu consumo é recomendado para o controle do diabetes, resistência à insulina, Síndrome do Ovário Policístico (SOP), colesterol alto, tratamento da disbiose ou controle saudável da microbiota intestinal que auxilia na diminuição da síntese de carcinógenos, diminuição do risco de câncer de cólon e de infecções bacterianas, prevenindo alteraçõs gástricas como diarréias ou constipação.

Enfim, por sua digestão ser mais lenta, favorece o controle glicêmico, auxilia no controle da saciedade e na vontade de comer doces. Isso pode ajudar muito a perda de peso para quem está fazendo reeducação alimentar ou está com glicemia/insulina alteradas.
A yacon apresenta baixas quantidades de proteínas e gorduras. O potássio é o mineral mais abundante como na batata inglesa. Em menores quantidades são encontrados cálcio, fósforo, magnésio, sódio, ferro, zinco, manganês e cobre.


Os frutooligossacarídeos (FOS) são açúcares não convencionais, não metabolizados pelo organismo humano e não calóricos. São considerados prebióticos uma vez que promovem seletivamente o crescimento de probióticos como Acidophillus e Bifidus. Essa característica faz com que os FOS promovam uma série de benefícios à saúde humana, desde a redução de colesterol sérico até o auxílio na prevenção de alguns tipos de câncer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário