quinta-feira, 1 de março de 2012

Preparar Sementes de Chia - Receita- Emagrecer


Só o bom senso salva




Depois de fazer furor nos States, parece que a semente de chia virou a comida saudável da moda no Brasil. Quando escrevi sobre como preparar essa sementinha, ela ainda era uma desconhecida por aí, mas depois de ter aparecido algumas vezes na telinha brasileira a chia virou estrela. Desde então muitas pessoas me escreveram querendo saber como usar essa nova maravilha da natureza. Falei tudo o que sabia sobre a chia naquele post, mas pensei em voltar ao assunto por dois motivos. Primeiro porque fico extremamente incomodada quando uma comida ganha fama de “super alimento”. Segundo porque descobri uma maneira nova de comer chia e queria dividir essa deliciosa receita com vocês. Mas comecemos pelo começo.

Não há dúvidas que semente de chia é um dos alimentos mais nutritivos que existe. Ela é extremamente rica em fibras, ômega 3, cálcio e ainda por cima é uma proteína vegetal completa! O que me incomoda é essa ruma de gente pensando que a chia é a solução pra todos os problemas do mundo. A bola da vez agora é a chia, mas já andaram falando maravilhas sobre farinha de feijão branco, linhaça, ração humana… Seria ótimo se a saúde perfeita, ou o peso ideal, só dependesse da ingestão de um único alimento. Mas precisamos reconhecer que a única maneira de manter a saúde, e o peso, é ter uma alimentação equilibrada, pelo menos na maior parte do tempo. Comer chia, linhaça, ração humana, ou o que mais estiver na moda, e continuar com os mesmos maus hábitos alimentares e falta de exercício não vai fazer milagre nenhum. Todos os dias (TODOS OS DIAS!) pessoas me escrevem dizendo que começaram a “tomar chia” e que esperam emagrecer. E eu fico pensando que se essas pessoas não estão fazendo algo mais (comendo mais legumes, menos açúcar, menos carboidrato refinado, fazendo mais exercício…) a chia não vai operar o milagre sozinha.

Se você estava vivendo bem e com saúde antes da chia dar o ar da graça, ela vai com certeza trazer benefícios pra a sua dieta, especialmente se você for vegano/vegetariano (pensem em todo esse ômega 3!). Já pra quem precisa perder peso, a chia sozinha tem poucas chances de revolucionar a sua vida. Em todo caso, ela está longe de ser um alimento indispensável. Não adianta procurar atalho nem produtos milagrosos! Saúde e peso equilibrado são o resultado, principalmente, de uma alimentação rica em verduras e frutas frescas, folhas, feijões e cereais integrais e pobre em açúcar, cereais refinados e gordura saturada. Mesmo se um alimento tem a reputação de ter poderes mágicos, se ele não vier acompanhado da dieta citada acima as chances de perder todo o seu “poder” são enormes. Alimentação pobre em nutrientes é kryptonita pra qualquer “super alimento”.

Depois de ter esclarecido esse assunto, passemos à receita. Ontem depois do jantar percebi que o pão tinha acabado e que não tinha farinha pra fazer mais. Sabendo que hoje eu ia ter um dia cheio e que precisava de um café da manhã robusto, resolvi preparar aveia dormida. Aveia é pra mim o café da manhã mais perfeito que existe. Ela é rica em proteína, ferro e fibras e me deixa alimentada até a hora do almoço. Mas, pensei, um tiquinho de chia deixaria a refeição ainda melhor, não? Bingo! Por que não pensei nisso antes? A textura da aveia dormida com chia fica sublime, mais leve do que uma papa normal e cremosa como um pudim. Juntando passas e amêndoas, criei um café da manhã delicioso e extremamente nutritivo. E se você quer aumentar a quantidade de fibra da sua dieta, aqui está o prato que vai te ajudar. Mais fibra do que isso, só engolindo uma bucha vegetal!

Moral da história: nenhum alimento sozinho é capaz de trazer saúde ou fazer alguém perder peso, só o bom senso salva e aveia dormida com chia é o meu novo café da manhã preferido.

Aveia dormida com chia e amêndoas

Essa receita pode ser servida fria ou quente. No verão como minha aveia dormida gelada, mas agora que está bem frio, prefiro esquentar um pouquinho antes de degustá-la. Uma colher de sopa de passas é suficiente pra adoçar minha aveia, mas se preferir algo mais doce dobre a quantidade. Pra deixar a mistura mais nutritiva (e mais doce), gosto de acrescentar uma banana pequena em rodelas. Maçã ou pera ralada também ficam uma delícia aqui.

1/2x de aveia em flocos

1cs de chia

1 1/3x de leite vegetal (amêndoas, soja, aveia…)

1-2cs de passas

1/3cc de canela em pó

Um punhado de amêndoas cruas picadas (ou castanha do Pará, nozes…)

1 banana (opcional)

Misture os cinco primeiros ingredientes* e deixe uma noite na geladeira (em um recipiente com tampa). No dia seguinte esquente a aveia em fogo baixo. Talvez seja preciso juntar um pouco mais de leite pra manter a consistência de pudim. Fora do fogo, junte as amêndoas e a banana picada (se estiver usando). Sirva imediatamente. Também pode ser servido frio. Rende uma porção.

*Esqueci de dizer ontem que ao misturar a chia com a aveia e o líquido será necessário esperar 5 minutos, mexendo umas 3 ou 4 vezes, antes de colocar na geladeira. Assim a chia hidrata por igual e a textura fica uniforme, sem “aglomerações” (bolinhos de chia). Só depois disso transfira a aveia pra geladeira pra terminar de hidratar.

Fonte: http://papacapimveg.com/2012/01/31/so-o-bom-senso-salva/

5 comentários:

  1. nossa senhora, essa receita parece uma delícia. Não fiz mas já imprimi pra poder prepará-la.
    Sobre o leite vegetal, acho que vou testar com o de alpiste.
    Acho que ficará delicioso, depois conto como ficou.
    Amei essa receitinha, obrigada por compartilhar.
    Abraço grande.

    ResponderExcluir
  2. gostaria de receber algumas receitas para perde peso. obg

    ResponderExcluir
  3. Clarissa, depois conta aqui pra nós, vamos adorar.

    ResponderExcluir
  4. Sou fa destes produtos emagreci 45kg visitem o meu blog percakilitos

    ResponderExcluir
  5. Olá, adorei a receita, mesmo porque aveia também é meu café da manhã favorito, mas me surgiu uma duvida, os produtos dormidos não perderia seus valores nutricionais?

    ResponderExcluir