terça-feira, 2 de agosto de 2011

Óleo de Linhaça melhora circulação e problemas da próstata















O óleo de linhaça é uma das principais fontes de ácido alfa-linolênico (ômega 3), lignana, ácido linoléico (ômega 6) e vitamina E, e extraído de suas sementes por compressão a frio, fato que preserva sua atividade funcional.

O ácido alfa-linolênico é uma gordura pertencente à família dos ácidos graxos ômega-3 e há algumas décadas vem sendo extensivamente pesquisado e seus benefícios comprovados. As pesquisas relacionaram a deficiência do ômega-3 a várias patologias, tais como: câncer, doenças cardiovasculares, processos inflamatórios e doenças auto-imune, obesidade, diabetes mellitus, desordens da pele, desconforto mamário, tensão pré-menstrual, depressão, osteoporose e esclerose múltipla. Estudos demonstram que o óleo de linhaça reduz o colesterol total e o mau colesterol, conferindo proteção cardiovascular além de agir como antiinflamatório ao lupus eritematoso e antialérgico.

A lignana é o fitoestrógeno mais pesquisado recentemente pelos cientistas e oferece proteção contra doenças sensíveis aos hormônios sexuais, como o câncer de mama, endométrio e próstata e problemas do cólon, além de ajudar a diminuir os sintomas da menopausa.

Estes benefícios estão relacionados ao fato da lignina ser a precursora dos hormônios enterodiol e enterolactona e, exercerem atividade sobre o nível de estrogênio.

O ácido linoléico ou ômega-6 é utilizado como fonte de energia e matéria-prima do tecido nervoso e de substâncias que regulam a pressão arterial, coagulação, freqüência cardíaca, dilatação vascular, resposta imune, quebra de gorduras, tensão pré-menstrual e mastalgia (dor na mama).

QUAIS OS BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE LINHAÇA

  • Auxilia na redução do colesterol total e do mau colesterol;
  • Auxilia na proteção cardiovascular;
  • Atua como antiinflamatório ao lupus eritematoso;
  • Antialérgico;
  • Auxilia na proteção contra o câncer de mama e próstata;
  • Ajuda a diminuir os sintomas da menopausa;
  • Ajuda na regulação de funções celulares;
  • Atua na cicatrização de tecidos e machucados;
  • Auxilia na recuperação e redução e dores musculares após esforço físico;

Um comentário: