domingo, 20 de março de 2011

Revista Boa Forma - é óleo, mas emagrece


Os óleos funcionais estão em alta. Isso é ótimo! Consumidos na medida certa, dão uma boa força na perda de peso. Também protegem o coração e amenizam os sintomas da TPM, além de deixar a pele mais bonita! Óleo é gordura. E gordura é megacalórica (tem 9 calorias em 1g). Portanto engorda, certo? Nem sempre! Os óleos funcionais, provinientes de sementes e de frutos oleaginosas (linhaça, gergelim, castanha-do-pará, macadâmia, girassol e amêndoa), facilitam a perda de peso. Mas, antes de achar que essa notícia é loucura, vamos aos dados científicos. Um estudo realizado pala Universidade de Navarra, na Espanha, mostrou que, por conter ômegas 3, 6 e 9, os óleos funcionais são anti-inflamatórios - ação que ajuda a regular os hormônios. Na prática, o que você sente: ciclo menstrual equilibrado, TPM mais suave, menos inchaço e menor propensão em acumular gordura na barriga (yes!). Outra vantagem é a gordura insaturada, considerada nobre e em evidência nesses óleos. "Esse tipo de gordura dá aos óleos o poder de promover uma faxina nas artérias, além de manter o colesterol ruim em baixa e o bom em alta", explica Lucyanna Kalluf, nutricionista e farmacêutica do Instituto de Prevensão Personalizada, em São Paulo. Conclusão: o coração também fica protegido. E os óleos de milho, soja e canola? Assim como os de sementes e frutas oleaginosas, eles são fonte de gordura boa e, portanto, ótima opções para uso culinário. Mas atenção: não tem as mesmas propriedades terapêuticas. (se refinados, tem que ser extração a frio!) O óleo de coco é excessão. "É um óleo com ação termogênica, ou seja, capaz de acelerar a quima de gordura", diz Lucyanna. Quer mais um motivo para apostar nesses produtos? Funcionam como um tratamento de beleza. Ricos em vitaminas E, um poderoso antioxidadnte, combatem os radicais livres - inimigos da pele lisinha e iluminada. Oh, você vai estranhar o preço. Eles custam até três vezes mais que um óleo comum. Mas pequenas doses já garantem os benefícios e dão um sabor acentuado na comida. Agora conheça melhor o perfil dos óleos funcionais e saiba a dose certa para obter o melhor de cada um deles.


Máximo de benefícios

Acertar na quantidade é regra básica para que você transforme os óleos funcionais em aliados da dieta. Mas há outro detalhe importante: nunca aquecê-los. "Prensados a frio, eles preservam as propriedades terapêuticas. Mas isso muda quando submetidos ao calor. As substância boas, por exemplo, viram acroleína - um componente tóxico com potencial cancerígeno", explica Flávia Morais, nutricionista da rede Mundo Verde, de São Paulo. Também procure adotar dois ou três tipos de óleo para alternar o uso semanalmente.


O POTENCIAL DE CADA ÓLEO

Todos eles têm o poder de facilitar a perda de peso. Mas cada um tem sua particularidade: um tipo de fibra especial, um componente que mantém as toxinas à distância...



LINHAÇA



Extrído da semente dourada ou marrom, é campeão de ômega 3 - tem quase 60% desse ácido graxo, o dobro da dose encontrada no óleo de salmão, aclamado como grande fonte dessa gordura boa. E o que esse nutriente tem a ver com perda de peso? Reduz os processos inflamatórios, dificultando a formação de dépositos de gordura. Outra ação: "Melhora o equilíbrio da glicose no sangue, o que reduz a produção exagerada de insulina", explica Lucyanna. Isso prolonga a sensação de saciedade, evitando que você exagere nas calorias.

Como usar: duas colheres de sopa por dia na salada, associado ao azeite de oliva para melhorar o sabor.


GIRASSOL


Esse óleo ajuda a amanssar a fissura em doce. O segredo? Contém triptofano, precursor da serotonina - hormônio que da uma levantada no humor. E, bem humorada, você tende a esquecer do chocolate e da goiabada. Mas é a presença de magnézio e selênio que mais chama a atenção dos especialistas. "Os estudos sugerem uma relação inversa entre a ingestão dessa dupla de minerais e a incidência de câncer, provavelmente por induzirem reparos no DNA", afirma Golbspan. O selênio e o magnézio também equilibram a pressão alta e previnem crises de enxaquecas.


Como usar: duas colheres de sopa por dia em pratos salgados, como massas e ensopados, sempre depois de prontos.


Fonte: Revista Boa Forma de março/2011


Veja matéria completa


Compras na Loja Virtual Giroil


segunda-feira, 14 de março de 2011

Carapinha de girassol - Lanche delicioso









Um ótimo substituto ao amendoim são as carapinhas de girassol descascado. Além de saborasas, são altamente nutritivas.

Girassol é um dos símbolos pascais menos conhecidos em algumas regiões. É porém muito rico em conteúdo. Para sobreviver a planta precisa ter sua corola voltada para o sol, do nascente ao poente, também os cristãos precisão estar voltados para o Sol-Cristo. Cristo é a luz, a força, a energia. O cristão sem uma ligação com Jesus não encontra significado para sua vida.


RECEITA

Ingredientes

  • 1 xic de açucar
  • 1 xic de girassol descascado
  • 1/2 xic de leite
  • 1 colher de manteiga

Modo de fazer

Colocar na panela o açucar, o leite e a manteiga. Deixar ferver até engrossar o caldo, colocar o girassol descascado, mexer até secar, continuar mexendo até começar a caramelizar o açucar. Quando já tiver caramilizado um bom tanto do açucar, retirar a panela do fogo e continuar mexendo até esfriar.

Dr Karin fala sobre as sementes

http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2011/01/nutricionista-fala-sobre-importancia-das-sementes-na-alimentacao.html

quinta-feira, 10 de março de 2011

Amaranto, alimento altamente nutritivo e sem glúten











Grão de origem andina, agora plantado de forma inédita em solo Missioneiro

Consumida pelos incas, há mais de 8 mil anos, era o alimento principal do povo das montanhas. O amaranto (Amaranthus caudatus) é um grão originário do Peru e Bolívia e com alto poder nutritivo. Este grão possui proteína de alta qualidade, baixo teor de colesterol, além das grandes quantidades de vitaminas e minerais presentes. O sabor é leve, semelhante à soja e a cada dia conquista espaço na mesa dos brasileiros. Podemos destacar também a quantidade de fibras presente. As fibras colaboram com o bom trabalho intestinal, ajudam no controle dos níveis de colesterol e glicemia no sangue, entre outras funções importantes para o organismo.

As propriedades nutricionais do amaranto são reconhecidas desde há muito tempo em vários países, exceto no Brasil, por não serem estas sementes oriundas destas regiões ou cultivadas no nosso meio.









O Centro de Pesquisa da EMBRAPA - Cerrados, mediante programa de vários anos de trabalho, adaptou espécies de amaranto aos solos brasileiros. A grande riqueza do amaranto está no seu grão que contém em média de 15 a 18% de proteínas. Entretanto não é tanto o teor de proteína que é essencial, mas a qualidade dessa proteína que contém todos os aminoácidos essenciais à vida humana. A FAO (órgão da ONU responsável por políticas de alimentação e agricultura) considera que o amaranto a melhor proteína de origem vegetal do planeta. Os grãos podem ser consumidos in natura, na forma de sopas, biscoitos, mingaus, ou industrializado sob várias formas, como macarrão ou pão.

O amaranto apresenta alto valor nutricional equivalente ao leite, á carne e ovos. Seus grãos chamam atenção pelo conteúdo significativo de proteínas (15 %), gorduras, sais minerais como cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio, vitamina C e provitamina A, fibras como lignina e celulose, especialmente quando comparados aos cereais comuns como trigo, milho, arroz integral e aveia. Também contem aminoácidos essenciais como a lisina, metionina e cistina, mantendo uma altíssima porcentagem desses elementos. A lisina, por exemplo, é o fator primordial para o desenvolvimento orgânico mental do homem.

Apesar de altamente protéicos, os grãos não possuem o glúten, proteína encontrada no trigo que impede muita gente alérgica de comer pão, macarrão ou biscoito. Além disso, é facilmente digerível, o que ajuda até na recuperação de crianças convalescentes e no preparo de uma refeição balanceada e leve para idosos.

Sua proteína de alto valor biológico e a ausência de colesterol a converteu em excelente substituto para a carne, a ponto de a Nasa incluí-la na dieta básica dos astronautas.

O glúten é uma proteína insolúvel, encontrada no trigo, centeio, cevada e aveia. Se um portador da doença celíaca, que é uma inflamação do intestino delgado, de fundo genético, ingere glúten, os sintomas da doença podem surgir, que incluem fraqueza, diarréia, perda de peso, fadiga e anemia. Pode ocorrer osteoporose, tetania e desordens neurológicas. Bolhas, vermelhidão ou estrias avermelhadas podem ser observadas no corpo.

Pesquisas recentes também têm mostrado que o amaranto é capaz de reduzir os níveis de colesterol. O experimento foi conduzido no Laboratório de Bioquímica e Propriedades Funcionais dos Alimentos da Universidade de São Paulo (USP).









Caviar de Amaranto Ingredientes 1 batata yacon (cortado em rodelas) 1 tomate (cortado em rodelas) 20 g de patê de sua preferência ¼ xícara de amaranto (deixar de molho por 4 hs)

Modo de preparo do Amaranto Colocar o amaranto de molho por 4 horas, depois escorrer e deixar por mais 4 horas germinando. Temperar com salsa, azeite e sal à gosto. Patê de Girassol e Nori 1 xícara de girassol (germinado de 8 a 12 hs) 1 xícara de amêndoas (germinado de 8 a 12 hs) 1 colher de chá de limão (colocando aos poucos e experimentando) 3 folhas de nori 2 dentes de alho (colocando aos poucos e experimentando) ¼ xícara de shoyu (colocando aos poucos e experimentando) ¼ xícara de água mineral 2 colheres de sopa de azeite

Modo de preparo Colocar o girassol e a amêndoa no vitamix, adicionar a água e azeite. Bater bem até ficar homogêneo. Adicionar o nori e aos poucos o alho, limão e o shoyu.

Montagem Começar com um pouquinho do patê no centro do prato e cobrir com um tomate. Depois colocar a batata yacon e repetir as camadas por mais duas vezes. Finalizar com duas colheres de sopa do caviar de amaranto.

Decoração do prato Fazer um molho pesto com um pouquinho de nozes picadas, alho, manjericão e decorar em volta do prato.

Receita do Vida e Saúde :Salada com Amaranto



Pode ser usada como almoço, para acompanhar uma carne e também no sanduíche.





Ingredientes:

- 1 cenoura ralada - 1 tomate picado - ½ cebola ralada - ½ xícara de salsinha - 1 colher de chá de cúrcuma - 1 colher de sopa de suco de limão - 3 colheres de sopa de azeite de oliva - 30 gramas de amaranto - Sal e pimenta a gosto.

Modo de fazer:

Misture o tomate e a cebola. Depois misturar a cenoura. Coloque o tempero verde e deixe descansar alguns minutos. Molho para temperar a salada: Misture uma colher de suco de limão, coloque três colheres de azeite no molho, depois coloque uma colher de chá de cúrcuma. Acrescente sal e, por último, pimenta a gosto. Misture tudo até absorver bem a cúrcuma. Por último polvilhe sobre a salada o amaranto.

Pode ser adicionada a mistura 1 xic de amaranto em grão levemente cozido.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Sementes de Chia são o sonho de quem faz dieta






A
semente de Chia é o grão com mais Ômega 3 existente na Natureza.





Estas sementes de forma oval com 2mm de comprimento, são oriundas do México e Guatemala, e eram consideradas um super alimento para os incas e maias, sendo que os seus guerreiros alimentavam-se alguns dias só com estas sementes em tempos de batalhas. O significado de Chia é “força”, pela energia que proporciona e naquela época valiam mais do que o próprio ouro.

Vejamos as suas características:

  • Cerca de 19 a 23% do seu peso é proteína completa, contem todos os aminoácidos essenciais em equilibrio perfeito.
  • 60% do seu óleo é Ómega 3 e 40% Ómega 6.
  • Contem: 6 vezes mais cálcio do que o leite, 3 vezes mais ferro do que os espinafres, 15 vezes mais magnésio do que os brócolos. É também rico em magnésio, manganésio e boro (que também é fundamental para os ossos).
  • Conteúdo de antioxidantes superior ao dos mirtilos.
  • 100% natural, sem glúten e não OGM.


Benefícios:

  • As sementes de Chia são o sonho de quem faz dieta, pois eliminam a fome por aumentarem o seu volume evitando assim o desejo de ingerir mais alimentos e além disso limpam o corpo das toxinas dos intestinos.
  • Equilibram o açúcar no sangue, garantindo energia ao longo do dia e diminuindo o risco de diabetes tipo 2.
  • Ajudam a regular o trânsito intestinal, previne diverticulos (diverticulose), pois a sua fibra solúvel hidrata o cólon e facilita o movimento peristáltico.
  • Elimina os desejos constantes de petiscar comida.
  • Ajuda a diminuir os níveis de colesterol e triglicéridos.
  • São também muito benéficas para desportistas, pois por serem hidrofilicas, e absorverem até 10 vezes o seu peso em água, mantêm o corpo hidratado.
  • No caso de refluxo gastro esofágico, colocar 1 colher de chá de sementes de chia num pouco de água, mexer e beber de imediato. Aguardar uns minutos e depois beber 1 copo cheio de água. Ajudam a absorver o excesso de ácido.

Indicadas para:

    • Perda de peso e manutenção
    • Problemas da tiróide
    • Hipoglicémia e diabetes
    • Sindroma do cólon irritável
    • Doença celíaca
    • Refluxo gastro esofágico
    • Hipercolesterolemia
Contato: veralpdv@hotmail.com

Para comprar sementes de Chia:
http://www.todotempo.com.br/index.php?manufacturers_id=121